cro

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

[Livro] Highland Abbey, de Fiona McKellar

 Ler em Português      Read in English


Título em Português:--
Série: --
Autor(a): Fiona McKellar
Editora: CreateSpace Independent Publishing Platform
Páginas: 112
Data de Publicação: 17 de Fevereiro de 2017


Sinopse:
Sarah is struggling to direct a theater production of Jane Austen’s Northanger Abbey. It doesn’t help that Glenn Sinclair, a prominent young landowner in Nairn is demanding the lead male role. But the play isn’t the only thing Glenn has his eyes on. He’s after Sarah’s heart too. With no other marriage prospects, she can hardly do anything but submit to his advances, but is it Sarah he's after or is he just playing?
~ Recebemos este livro directamente da autora Fiona McKellar. Obrigada! ~


Opinião:
Mais um livro da Fionna McKellar de seguida!

É com pena que digo que este sofre dos mesmos problemas que The Laird's Son... Apesar de ter sido um pouco melhor, continua a precisar de ser mais desenvolvido. É como se ao chegar a um certo ponto, a autora quisesse despachar a história e temos logo o final. E é uma pena, porque acho que podia ser tão melhor...

Neste livro temos Sarah, a personagem principal, que não gosta de Glenn, até este lhe começar a prestar atenção – ainda que saiba que a melhor amiga o acha atraente e tenha uma paixoneta por ele. Por comparação, Benjamin, que é um querido e sempre gostou da Sarah (até os pais dela sabem), não é olhado duas vezes, a não ser para ela pensar, mais uma vez, que ele é muito tímido.

Não gostei muito da tentativa de triângulo amoroso e, apesar de Glenn dar um bom vilão, gostava de ter visto mais da maneira como ele era. E a relação com o Benjamin...foi tão repentino.

Sarah não foi a minha personagem favorita. Apreciei a sua paixão pelo teatro mas a maneira como ela e Tess, melhores amigas, se trataram uma à outra, não gostei nada. Menos ainda do facto de Tess não a apoiar, especialmente quando Benjamin o faz. Seria uma maneira de ver as verdadeiras amizades? Se assim fosse, triste será casar com Benjamin, e ter como cunhada a Tess.

A história acabou por me prender algo mais que o livro anterior da autora, mas quando cheguei ao fim foi desapontante, porque podia ter tido tanto mais – dizer só que haverá tempo para Sarah e Benjamin se conhecerem e apaixonarem (mais) para mim não chega, eu queria ter visto esse amor desabrochar, queria que Benjamin mostrasse verdadeiramente como era, queria que Sarah aprendesse a respeitá-lo como mais que um jovem tímido que gostava dela e...“vamos namorar, talvez casar, logo se vê como corre”. Ficou a faltar um verdadeiro final.

Digo exactamente o que disse na crítica do seu primeiro livro: “Acontece e resolve-se tudo rápido de mais para o meu gosto. Não é, no entanto, um livro mau. Precisa apenas de ser desenvolvido e mais explorado. Confio que a autora veja esta opinião como encorajamento para continuar a sua escrita e melhorar a cada livro. Espero, no futuro, voltar a ler algo de Fiona McKellar e poder elogiar mais as suas obras.”

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todxs são bem-vindxs a contribuir para este blog, mas apenas pedimos que o façam de forma respeitosa e coordenada.